Pular para o conteúdo

O Drive da Mudança

abril 19, 2021

Mudar o mundo não é tarefa fácil! Aliás, é algo que provavelmente não seja possível de se fazer sem a ajuda de outras pessoas. Mas é certo que boa parte delas têm, lá dentro, escondido em algum lugar, o chip da mudança. Aquela vontade de contribuir para fazer do mundo um espaço melhor para se viver, um lugar mais justo, mais humano. Porém, são tantas as coisas a serem melhoradas que terminamos desistindo, acreditando que nosso pequeno passo não fará diferença!.

Dizem que a mudança começa dentro de nós, que devemos começar aos poucos, agindo no nosso entorno. Empatia pode ser um bom começo. Procurar compreender escolhas, crenças diferentes das nossas e deixar as patrulhas e os julgamentos de lado.

O conforto de uma carreira pode anestesiar nossos sentidos. Ser ativista dentro de uma organização parece utopia, discurso de obstinados. Tomemos emprestada uma causa, aquela que elegi como sendo a minha: o combate ao #etarismo. Como é que eu, profissional sem grandes projeções, poderia fazer a diferença? E, antes disso, por que eu, profissional em desenvolvimento na minha empresa iria me desgastar com esse assunto?

Talvez porque você pressinta que depois dos 45, 50 anos não haverá mais espaço para você no mercado formal de trabalho. Ou você se enxerga naquela vizinha de 60 anos, super qualificada mas sem perspectivas profissionais por conta da idade. Possivelmente você concorde que a integração de gerações enriqueça os debates. Ou seus clientes maduros estejam sendo mal trabalhados pelas dificuldades de compreensão de suas complexidades. Tavez você tenha simpatia pela causa. Ou, quem sabe, você seja simplesmente defensor da diversidade.. Whatever, os motivos são pessoais, mas eles incomodam. Quando o incômodo é tão persistente que traz aquela vontade de fazer algo à respeito, significa que o seu chip está ativado: o desafio agora é adaptar e integrar essas questões aos processos rotineiros da organização. E da vida.

Agora que você vê algo que os outros não vêem, percebe a importancia da sua descoberta, é natural que queira dividir isso com os outros, trazer as pessoas para a sua #causa. Caminho difícil, muitas vezes frustrante, ora político, ora pedagógico. Paradoxalmente, isso só serve para aumentar a sua paixão. O pioneirismo é um potente motor!

É hora de procurar informações, aumentar o repertório, prover consistência aos argumentos. Você não consegue mais ler uma publicação relacionada nas suas redes sociais sem compartilhar: você sabe o poder que tem a Comunicação! Lives, cursos, artigos, vídeos, livros, debates: impossível ignorar!  Seu cérebro borbulha. Além do repertório, seu senso crítico se aguça. Na empresa, você analisa os processos sob uma ótica peculiar, traz diferentes pontos de vista, promove discussões, e, sem perceber, promove mudanças. Na vida, igual.

Parabéns! O drive da mudança está ativo dentro de você, nada será como antes! Agora é a sua vez de ativar outras pessoas! #juntospodemosmais

From → Uncategorized

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: