Pular para o conteúdo

Eu faço essa pergunta desde 2007: “Vocês preferem falar para o cliente que a mão de obra é de 90,00 sem testes e diagnósticos e se ele quiser e/ou precisar de testes e diagnósticos, ficará + 60,00 ou cobrar 120,00 de cara já com testes e diagnósticos, PARA PEÇAS FORNECIDAS?” e nas 716 respostas que tive desde 2007, 84% preferem repassar os 120,00. Então você parente, amigo… de algum colaborador da WM ou da BARRETO, perceba porque muitas vezes eles reclamam de salários e porque os DONOS é que conseguiram atender mais de 5 mil veículos desde 2013 e a taxa de NÃO APROVAÇÃO DE ORÇAMENTOS é menor que 12% e o segundo colaborador com a menor taxa, atendeu MENOS de 2.800 veículos e a taxa de NÃO APROVAÇÃO DE ORÇAMENTOS foi de 33% / E curioso que em 99% das vezes que falaram que cobrei POUCO o valor da mão de obra (não fizeram as verificações básicas antes de passar PRAZOS e/ou não avisaram o cliente que iria/poderia demorar mais que o normal e mostrar os motivos) e VOU MORRER SEM ENTENDER, porque querem cobrar A MAIS só porque deu mais trabalho em remover peças GENUÍNAS/NUNCA TROCADAS? Sendo que está em contrato que só é autorizado a cobrar A MAIS, quando peça já foi trocada, se tiver lacrada, for de marcas não originais, tiver adaptações…

julho 22, 2019

From → Uncategorized

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: